nome blog

Retrospectiva Literária 2016

25 de dezembro de 2016

A última semana do ano está chegando e junto com ela está na hora de fazermos a retrospectiva literária de 2016. Então vamos ver quais foram os livros que mais mexeram comigo nesse ano. 
Melhor livro: O Lado Feio do Amor
Elegi o livro da Colleen Rainha Destruídora Hoover como o melhor do ano. Por quê? Simplesmente porque ele é MARAVILHOSO. Miles acabou comigo, Tate deixou meu coração em pedaços, o possível lançamento do livro quase me matou, e esse livro me tirou o sono. EU. NÃO. SEI. NEM. COMO. DESCREVER.
Maior decepção: Insurgente
Eu AMEI Divergente. Sério, a Tris dos livros não se compara a Tris do filme, ela é mil vezes mais interessante no papel. Encontrei maior dificuldade em ler Insurgente, muitos capítulos li com pouco caso, pois estavam cansativos. Só comecei a realmente ficar vidrada na história lá para a metade do livro. A personagem principal se encontra insegura e amedrontada em boa parte do livro, por causa do que fez com Will.
Mesmo assim persisti, e valeu a pena pois o final foi de tirar o fôlego. Afinal, há decepções que vem para o bem ;)

Pior livro: A COROA
Eu já demonstrei minha eterna decepção com “A Coroa” no instagram (se ainda não me segue, dá uma olhada lá @babirios_). Simplesmente não gostei do final, achei que os dois últimos livros não tiveram tanta emoção quanto os três primeiros.

Personagem preferido: KATNISS
Girls Power, é disso que estou falando. Katniss é audaciosa, inteligente e se tornou minha personagem favorita de 2016 

Personagem odiado: Luce
Me perdoem, mas Luce em “Tormenta” foi um personagem que não me desceu :/ Assim que terminei Fallen, senti necessidade de continuar a série, então parti para Tormenta. Esperava A BATALHA entre anjos e demônios, esperava Luce mostrando que não estava nesse mundo só para morrer (haha), mas ao final do livro me desapontei. Ao finalizar a história, parei para refletir o que havia lido: Luce se torna uma das personagens mais infantis que já vi. Ok, ela tem todo aquele papo de não querer machucar as pessoas ao seu redor blá blá, mas por várias vezes, parece que ela só liga para seu romance com Daniel, seu passado, seu futuro, tudo SEU. Então entrei na eterna contradição de amor/decepção com Fallen. Luce está longe de ser uma personagem feminina que admiro, mas espero pelo amadurecimento da personagem nos próximos livros (vamos esperar, né)

Gênero favorito do ano: New Adult
O New Adult sambou na minha cara esse ano. O que mais comprei foi desse gênero.

Autor preferido: Elle Kennedy
Bastou um livro da Elle para eu me apaixonar por completo  Suas histórias que poderiam ser mais um clichê se transformam em grandes histórias de amor que te envolvem do começo ao fim.

Autor que conheceu esse ano: Jennifer Niven
Descobri Jennifer Niven esse ano e só posso dizer que ela é, de longe, uma das autoras mais carinhosas e adoráveis que já vi. Pude assistir à palestra dela na Bienal, e foi incrível. Encantei-me com sua escrita e com seu caráter.

Capa mais linda: The Kiss of Deception
Não tem nem discussão nessa escolha né amores?

10 comentários:

  1. Adorei esta retrospectiva.

    A serie Divergente eu fiquei sem vontade de ler, pois uma infeliz me soltou um spoilers uma vez que me fez perder totalmente a vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, nossa Naiara já até imagino qual tenha sido kkk me soltaram esse spoiler também mas eu li mesmo assim, não me aguentei

      Excluir
  2. Oi!
    Fiquei feliz em saber que eu não sou a única que odiei a Luce, além de ser insegura ela é muito chata. Concordo com a capa mais bonita, infelizmente não li ainda the kiss of deception.
    Amei o post
    Beijos Squad Of Readers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, fiquei tão chateada pois várias amigas minhas me recomendavam Fallen, mas pra mim não rolou :(

      Excluir
  3. Oi, Bárbara!
    Dos seus citados aqui, o único que eu já li foi Insurgente, e compartilho muuuito da sua decepção, acho essa situação da Tris pós-Will bem triste :(
    Já li até A Herdeira e já me decepcionei um pouco, então acho super normal que A Coroa não tenha mudado muita coisa... Mas por amor à primeira história, pretendo ler também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, então até a Herdeira eu ainda estava gostando dessa história secundária da Kiera, mas A Coroa foi completamente decepcionante :/

      Excluir
  4. Olá.
    Apesar de não ter lido nenhum dos livros que você citou, gostei das suas escolhas.
    Tenho The Kiss of Deception e estou ansiosa para ler. Capa linda, com certeza!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa edição (assim como em todas as outras publicadas por ela) a darkside arrasou ❤

      Excluir
  5. Amei essa retrospectiva, vou responder também e comentar suas respostas.
    Melhor livro: Estou entre Boo do Neil Smith, Em algum lugar nas estrelas e The heart of betrayal
    Maior decepção: A playlist de Hayden
    Pior livro: Para sempre
    Personagem preferido: Lia de The kiss of deception
    Personagem odiado: Kaden
    Gênero favorito do ano: Fantasia
    Autor preferido: Paula Pimenta e Cecelia ahern
    Autor que conheceu esse ano: Collen Hoover
    Capa mais linda: Em algum lugar nas estrelas
    Adorei suas escolhas e muitos da lista eu quero ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMEI ❤ conheci CoHo esse ano também ❤ essa capa de Em algum lugar nas estrelas é apaixonante - de novo, darkside arrasa haha um beijão Maria Fernanda❤

      Excluir