nome blog

Entrevista: Autora Baby Vidal

13 de dezembro de 2016

Entrevista: Autora Bárbara Vidal
Bom dia pessoal! Tudo bem com vocês?? 
E hoje tenho a honra de trazer para vocês a nossa primeira entrevista com uma autora, Baby Vidal ela escreveu, 1835 Amor e revolução. A Baby é uma querida, desde o nosso primeiro contato sempre me tratou super bem, sempre muito prestativa e quando tive e ideia de fazer a entrevista ela logo topou. Então vamos parar de papo e vamos ao que interessa: 
Baby Vidal
1 - Baby, antes de começarmos a nossa entrevista se apresenta para os nossos leitores.
R: Meu nome é Bárbara Vidal, tenho 24 anos, sou mãe e fotografa, atualmente curso Design de Interiores/ Arquitetura e escrevo.

2 – Você sempre teve o sonho de ser escritora?
R: Ser escritora e algo que sempre me acompanhou desde que me conheço por gente, sempre criei histórias. Acho que me tornar uma escritora mesmo foi apenas consequência do que sempre fiz!

3 – Quais são os seus autores preferidos? Você se inspira neles?
R: Eu sempre fico meio confusa com essa pergunta, porque são vários autores que me inspiro e que amo. Mas costumo citar os principais de alguns gêneros, eu amo romance e me inspiro em Nicholas Sparks, em romance de época eu amo a Júlia Quinn, em fantasia infantojuvenil eu me inspiro demais no CS Lewis, Lewis Carroll, entre tantos outros.

4 – Como foi escrever o livro 1835 amor e revolução? O que te inspirou?
R: Eu escrevi o esboço dele aos 16 anos, não lembro bem o que me inspirou, mas ele não tinha o enredo de revolução. Em 2014 peguei ele novamente e vi que a história não tinha muito sentido, resolvi colocar nela um pano de fundo histórico e porque não a história do meu próprio povo.

5 – Você pensa em escrever um livro contado pelo Lucio?
R: Eu tenho alguns projetos a caminho para concluir ainda esse mês e em 2017. Não posso confirmar nada, mas quem sabe um conto em 2017!

6 -  Pretende lançar algum outro livro? Se sim, já está escrevendo? E sobre o que será?
R: Sim, pretendo lançar em 2017 um livro de fantasia infantojuvenil, e um de ficção pós apocalíptica. Tenho outros dois quase prontos no WattPad que se tornaram ebooks em breve. Sem contar os contos que escrevo constantemente!

7 – Qual conselho você daria a quem assim como você está começando agora nesse mundo literário como escritor?

R: Confiar em si mesmo, estudar a respeito do que está escrevendo, aceitar dicas de pessoas mais experientes, mas jamais aceitar que alguém lhe diga que você não é capaz! Se este é seu sonho, siga até o fim custe o que custar.

Você também pode acompanhar mais sobre a Baby no grupo do face Fanáticos por livros e pelo insta também +Baby Vidal 
E ai o que acharam da nossa primeira entrevista? Gostaram? Deixe ai nos comentários o que vocês acharam para a gente conversar. Beijos 


7 comentários:

  1. Ah, se ela se inspira no Carroll já sei que vou gostar dos livros dela. Ela parece ser uma pessoa bem calma, por assim dizer. Melhor ainda saber que ela tem livros no wattpad, vou poder conferir por lá.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Amei a entrevista, irei procurar os livros dela no wattpad, é tão bom conhecer mais dos escritores.
    Beijos Squad Of Readers

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista, não conhecia a autora mais fiquei bem curiosa para ler algum livro dela, inclusive quando ela disse que pretende lançar um pós-apocalíptico.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o trabalho da autora, mas como toda boa entrevista essa me despertou o interesse pelos seus livros. Os autores que a inspiram são bem conhecidos e bem comentados. Achei bacana o fato dela recriar uma história que ela mesma já tinha escrito quando era mais nova.

    ResponderExcluir
  5. Oi Bárbara, que bacana a entrevista! Gosto de conhecer mais sobre os autores. Ainda não li o livro dela, mas fiquei curiosa. Eu sempre acreditei nisso e fico brava sempre que alguém descorda. O ser humano é dotado de tantos talentos, que não importa sua história, sua "capacidade", você pode o que você quiser. Nada pode deixar de ser alcançado de houver esforço e dedicação.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Parabéns pela entrevista, muito bem formulada.
    Não conheço o trabalho da autora, mas percebe-se uma leitura bem inteligente e cativante. Já estou curiosa!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Bárbara!
    Adorei a entrevista, não conhecia a autora, mas ainda assim é bacana saber mais do processo criativo de uma autora, de onde surgiu a ideia e tudo mais. Adoro alguns autores que ela citou, então já sei que teria afinidade com a escrita dela.

    ResponderExcluir