nome blog

Resenha - Manual da mulher solteira

6 de novembro de 2016

Bom dia pessoal, tudo bem? Hoje trago para vocês a resenha do livro Manual da Mulher Solteira um guia para amar e curtir - sozinha ou acompanhada da parceria com a Editora Guarda-Chuva, um livro bem legal que trata de vários assuntos entre eles, amor próprio, empoderamento e auto-estima. Vamos conferir. 

SINOPSE: A noção de que somos incompletas sem um marido ou namorado é amplamente difundida, mas em última análise é falsa. Em vez de procurar outra pessoa para completar partes suas que estejam abandonadas ou vazias, dedique um tempo da sua vida a completar essas lacunas você mesma, de modo que não precise de outra pessoa para se sentir completa e inteira. Dessa forma, quando estiver num relacionamento que não esteja dando certo, você conseguirá tomar a decisão de terminar sem que o medo de se sentir sozinha a mantenha presa numa situação ruim. A solidão - ou o medo dela - não é um bom motivo para permanecer num relacionamento insatisfatório. A solteirice, quando vivida do jeito certo, preenche qualquer vazio deixado por um ex-namorado ou ficante, ao mesmo tempo que atrai pessoas melhores no futuro. 

LIVRO: Manual da mulher solteira – um guia para amar e curtir – sozinha e acompanhada | AUTOR: Elizabeth Koosed | ANO: 2015 | EDITORA: Guarda-Chuva | PÁGINAS: 272 | NOTA: 4/5 | LIVRO CEDIDO PELA EDITORA

Quando eu era adolescente, por volta dos meus 13/14 anos adorava ler livros de autoajuda, estava começando a me apaixonar e entrando no mundo dos relacionamentos, um mundo totalmente novo para mim. Mas conforme o tempo foi passando e eu fui amadurecendo e tendo mais vivência nessa área eu parei de ler, acho que o último livro de autoajuda que li, tinha uns 20 anos.
“ Aventure-se, porque quanto mais plena e gratificante for a sua vida sem um homem, melhor será a sua vida amorosa também. “
Quando vi esse livro no catalogo da editora, eu logo de cara quis lê-lo. E não só por se tratar de um livro de autoajuda, mas porque estou solteira há três anos, e achei que seria bacana ler um livro que trata de um assunto do qual eu vivo há tanto tempo.

E posso dizer que comecei a ler o livro com a expectativa de encontrar nele as mesmas coisas que, estamos acostumados a ler na maioria dos livros desse gênero. Porém tive uma bela surpresa quando iniciei a leitura, logo no primeiro capítulo a autora já nos mostra o quão vantajoso é estar solteira.
O livro é basicamente sobre como devemos colocar o nosso amor-próprio em primeiro lugar em qualquer circunstância. Ele não é sobre como conquistar um namorado, mas sim em como ser feliz sozinha. Em como primeiramente devemos nos tornar o nosso melhor namorado, nos amando, nos levando para sair, nos presenteando, sendo gentil e apreciarmos a nossa companhia. Além de nos ensinar sobre empoderamento e em como nos conhecermos melhor.
“ Se você não conseguir confiar em si mesma, não vai conseguir confiar em mais ninguém. Quando se trata de obter o que deseja e precisa, você é a única pessoa responsável por isso, porque ninguém sabe melhor do que você o que a faz feliz. “
Eu me apaixonei pela diagramação do livro. As páginas são mais grossas e as que dividem os capítulos são decoradas (super fofas). Ao final de cada capitulo temos um quadro com o resumo das melhores partes e mais importante partes do capítulo, e para finalizar a autora nos trás uma história que aconteceu com ela.
“ Você tem o dever de fazer dos seus interesses a sua prioridade. “
Indico o livro a todas as mulheres (e homens), não só as solteiras, mas a todas. É uma leitura bem produtiva, que nos faz olhar a solteirice por outro ângulo, nos faz enxergar alguns pontos que às vezes não enxergamos e a quebrar alguns paradigmas e preconceitos. 


E agora o nosso blog e a Editora Guarda-Chuva, temos um presentão para você, utilizando o cupom abaixo você tem um DESCONTO DE 30% + FRETE GRÁTIS para todo o Brasil na compra de qualquer livro da editora. Então não perca tempo corre lá no site e use o código FGENTRELINHAS para adquirir qualquer exemplar da editora.
Agora me contem, vocês gostam de livros de auto-ajuda? Livros para falam sobre relacionamentos? Quem já leu o livro, gostou? Vamos conversar :D 

17 comentários:

  1. Meu deus! como eu nunca tinha ouvido falar desse livro antes? Realmente a capa dele e linda,fiquei muito curiosa para ler, adoro livros desse gênero de autoajuda, na verdade sempre gostei ♥ e esse com certeza vai chega no momento certo pra mim! obrigada pela indicação ..
    www.lamoonier.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom que gostou Grazi! Se ler me conta o que achou ;)

      Beijos

      Excluir
  2. Gostei muito da tua resenha, muito bem escrita. Um livro que fale sobre amor próprio sempre vai ter um lugar na minha estante. Precisamos disso. Abraço e obrigada por passar a dica de livro adiante.

    www.procuraseideias.com.br ♥

    ResponderExcluir
  3. Eu sou zero fã de livros de autoajuda, acho que eles dizem muito o óbvio e alguns ainda são presos a alguns dogmas que eu detesto.
    Esse livro parece ser bacana, mas parece ser aquele discurso que eu já cansei de ouvir. Se pá muita gente ainda precise desse tipo de lembrete na vida. :)

    Beijos.
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Jade, alguns pontos são bem clichês e óbvios, mas em se tratando de livros de autoajuda não tem como ser diferente, sempre terá o clichê. Mas nesse ela trás alguns outros temas.

      Beijos

      Excluir
  4. Por mais que esse livro seja forcado mais nas mulheres solteiras, gostei dele tratar do assunto de amor próprio. Não tenho costume de ler auto ajuda, mas adoraria começar por algum lugar e esse seria perfeito. Adorei conhecer o livro e ler a sua resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem leve, acho que seria uma boa começar por ele também Duda ;)

      Beijos

      Excluir
  5. Oi, Bárbara!
    Não conhecia o livro, e apesar de não ter o costume de ler livros de auto-ajuda, simpatizei bastante com esse. Eu hoje namoro, mas concordo muito com o que a autora propõe, nada melhor do que termos em nós a nossa melhor companhia. Também achei bem bacana que no final dos capítulos ela recapitule as lições aprendidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre seremos nossa melhor companhia <3 e sim ela arrasou no final dos capítulos.
      Beijos

      Excluir
  6. Nossa, que tema bacana.
    Super preciso ler esse livro.
    É bem uma leitura que preciso nesse momento da minha vida rs.
    Adorei a dica e sua opinião.
    Apesar de não curtir muito livros de auto ajuda, esse me cairia bem.
    Amor próprio SEMPRE!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que amor próprio é essencial em qualquer relação que iremos ter ;)

      Beijos

      Excluir
  7. Manual da mulher solteira – um guia para amar e curtir – sozinha e acompanhada parece ser um bom auto-ajuda.
    Adorei a capa e a diagramação. As divisórias de cor diferente são bem bonitas e gostei de ter um capítulo de recapitulação dos pontos mais importantes.
    Acho que as mulheres em geral precisam se sentir felizes por quem elas são e fazer o que gostam, sem se importar com a opinião alheia.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser muito bom!
    Estou precisando ler!
    Parece ajudar um pouco!
    E deve ser um bom auto-ajuda!
    Ameii a resenha! <3
    A capa é fofa! Estou precisando muito de dicas agora nessa fase da vida!
    rsrsrs
    Vou comprar!

    ResponderExcluir
  9. Olá.
    Não conhecia o livro e apesar de não ser um estilo de leitura que eu esteja acostumada a ler, se tiver oportunidade, darei uma chance ao livro.
    Parece bem interessante.
    Ótima resenha. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Confesso que não curto auto-ajuda, nunca li nenhum livro assim hahaha, mas achei super interessante o tema que a autora decidiu trabalhar, pois realmente te gente que não sabe ser feliz solteira, eu namoro, mas na minha época de solteira me diverti muito sozinha, ia no cinema, etc, bem bacana.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, e apesar de não ter o costume de ler livros de auto-ajuda, simpatizei bastante com esse (mas abro aqui um enorme parêntese para dizer que a minha simpatia é porque acabei de encontrar o presente perfeito para uma grande amiga). hihihi, achei mega fofo as marquinhas de ponto cruz que tem no livro (apesar de ter achado um pouco machista) hihih

    ResponderExcluir