nome blog

Resenha: 1835 amor e revolução

29 de novembro de 2016

 
Olá pessoal, tudo bem? Hoje trouxe para vocês a resenha de 1835 Amor e revolução. Esse livro foi escrito pela Baby Vidal, e se passa na época da Guerra dos Farrapos. Primeiro romance ambientado durante a Guerra que se passa no Brasil que eu li. Uma história bem legal que gostei bastante, e o melhor de uma escritora nacional. Vamos lá?! 
SINOPSE: Você acredita que o amor verdadeiro e puro, é capaz de sobreviver aos anos de distância e solidão? Jessie acreditou.  Uma menina delicada e inteligente criada pelo seu pai, seu único e grande amor.  Porém, aquele mundo de contos de fada desaba sobre sua cabeça, diante dos rumores de guerra. Uma guerra que mudaria o seu destino, uma guerra que além de tirar sua alegria lhe faria conhecer o amor entre um homem e uma mulher.Em 1835 Amor e Revolução, você ri, chora, se emociona e torce muito para que o amor sobreviva ao tempo, a dor, e principalmente a guerra.
LIVRO: 1835 Amor e revolução | AUTOR: Baby Vidal | ANO: 2016 | EDITORA: Amazon | PÁGINAS: 168 | NOTA: 4/5

Jessie perdeu a mãe logo que nasceu, foi criada pelo seu pai militar, sempre viu no pai um herói e único grande amor da sua vida. Até que um dia eles se mudaram da pacata cidade de Garibaldi para a capital de Porto Alegre.
O que o pai de Jessie mais temia, estava prestes a acontecer. A Guerra se aproximava e ele certamente seria mandado para o campo de batalha, deixando-a sozinha.
Jessie não imaginava que, em meio a tantas mudanças, ela acabaria conhecendo o que realmente é, o verdadeiro amor entre um homem e uma mulher. Ela descobre que pode amar e que esse amor é capaz de resistir aos contratempos da vida.
Primeiro romance brasileiro que se passa durante a Guerra, que  leio e me encantei com a toda a trama. Sou apaixonada por histórias com essa temática e com certeza entrou para o hall das que mais gostei.
“Senti uma coisa nostálgica, como uma alegria requentada, ou falsa. Havia carinho, aconchego e proteção, mas tudo isso estava misturado com uma sensação de incerteza, de angústia, de fatalidade.”
A escrita da Bárbara Vidal me envolveu bastante, é um livro bem leve, onde temos o cenário da Guerra dos Farrapos, onde dois adolescentes estão conhecendo o amor, onde Jessie uma menina que sempre teve o pai ao seu lado, de repente se vê sozinha, em uma cidade que ela não conhece ninguém. Ela terá que enfrentar vários desafios para sobreviver e aprender a tocar a vida sem seu pai por perto e ainda terá que lidar com um sentimento totalmente novo que lhe domina: o amor.
“A sopa lhe aquecera o corpo, mas nunca seria capaz de aquecer sua alma.”
Gostei bastante da história, porém tenho algumas ressalvas: achei que a história foi um pouco corrida, as coisas aconteceram bem rápido. Acho que seria legal também ter a história pela visão do Lúcio, para sabermos o ponto de vista dele. Que tal um segundo livro xará?! HAHAH
“ Às vezes é preciso muita coragem para fugir. Às vezes precisa-se de mais coragem para deixar viver do que para matar. Ninguém gosta da guerra, mas apenas os corajosos tentam evitar o caminho da danação.”
Bárbara, adorei ler seu livro, você escreve muito bem, obrigada pela oportunidade de conhecer essa história linda! 
“ - Tenho que reconhecer que a vida tem me ensinado muitas coisas. Entre elas, aceitar que as transformações que a vida, o tempo e as dificuldades nos trazem.”
 Quem aqui já leu? O que acharam? Em breve teremos entrevista com a autora, nos contando mais sobre o livro e sobre seus projetos! 

14 comentários:

  1. Oi Barbara.
    Gosto bastante de romances que se passam em época de guerra. Fiquei com bastante vontade de ler 1835 Amor e revolução, já que é nacional e retrata a Guerra dos Farrapos.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro logo.
    Ebaa! Entrevista com a autora! É sempre bom conhecer um pouquinho mais sobre os autores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante, achei bem legal a ideia da autora! Se não me engano esse é o primeiro livro publicado dela <3
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Bárbara!
    Não li e não conhecia a autora, e devo dizer que achei bem diferente ela ter explorado a Guerra dos Farrapos como pano de fundo. Mas pelo que eu percebi, a história foca mais no romance e no amadurecimento da Jessie do que no contexto histórico em si, e acho que seria mais bacana se ela se aprofundasse nisso se houver próximo volume contado pelo Lúcio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Lu foi bem bacana, ela ter feito por esse pano de fundo. Isso o livro é focado no romance, a Jessie contando como foi a história dos dois.
      Beijos

      Excluir
  3. Ola, tudo bom?
    Gostei muito da resenha, amo ler livros nacionais, e que bacana que esse é ambientado em uma guerra, não que a guerra seja legal, mas é um cenário diferente, a leitura parece ser leve, e pretendo ler o livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto de livros com essa temática, faz a gente pensar um pouco mais na vida. Beijos

      Excluir
  4. Achei bem interessante a premissa do livro.
    Bacana demais se passar durante a Guerra, adoro ler livros com essa interação.
    Não conhecia a obra, nem a autora ainda. Mas confesso que o que vi aqui me deixou interessada.
    Parece ser uma leitura muito boa. Quem sabe não acabe conhecendo em breve!?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto muito de livros com essa temática! ;)

      Beijos

      Excluir
  5. Nunca tinha ouvido falar dessa editora e nem desse livro!
    Parece ser muito bom!
    Amei a resenha e queria mesmo um livro pra chorar!
    JÁ VOU LER!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem bacana mesmo, gostei muito da leitura.

      Beijos

      Excluir
  6. Capa linda, nacional e com uma ambientação nada convencional: a guerra dos farrapos, já quero. Fiquei um pouco triste de saber que o livro é um pouco corrido, isso deixa a gente com a sensação de que o autor não quis desenvolver mais porque havia prazo de entrega, mas turando isso acredito que deve ter sido uma leitura extremamente prazerosa!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante e diferente.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve e gostar tanto quanto você.
    Resenha perfeita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. meu deus, amei a capa, amei os quotes, amei a sua resenha..eu preciso desse livro! atualmente estou lendo "eu fui a espiã que amou o comandante", da marita lorentz, uma mulher que passou por MUITO sofrimento, mas sobreviveu e acompanhou grande parte das mudanças do sec.XX,me interesso muito por esse tipo de livro <3

    ResponderExcluir
  9. Oi Bárbara, o livro tem tudo para se tornar um dos meus queridinhos, ainda mais sendo de autoria nacional! Sempre estou a procura de histórias assim, e com certeza vou ler o livro e fazer resenha lá no blog.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir