nome blog

Por lugares incríveis - Você não está sozinho

10 de setembro de 2016

Bom dia! Tudo bem com vocês? E hoje é dia de mais um post sobre o SETEMBRO AMARELO. Com uma narrativa de tocar o coração e elevar a voz para um assunto sério, "Por lugares incríveis" de Jennifer Niven é tema da resenha especial deste domingo.
SINOPSE: Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.
LIVRO: Por lugares incríveis | AUTOR: Jennifer Niven | ANO: 2015 | EDITORA: Seguinte | PAGINAS: 336 | NOTA: 5/5

O quanto as perdas que sofremos nos afetam? E o quanto podemos encontrar no outro uma maneira de recomeçar? Theodore Finch não é nem um pouco típico: ainda não encontrou uma personalidade só, tem poucos amigos, canta e toca, coleciona histórias que ninguém sabe dizer se são reais ou não e agora está prestes a se jogar da torre do colégio. Ao seu lado está Violet Markey: popular, namorava um garoto que todas queriam ter, tinha a irmã perfeita e juntas formavam uma dupla imbatível, até Eleanor falecer em um acidente de carro. Os dois juntos vão em busca de respostas para seus questionamentos por meio de um trabalho que envolve andar todo o estado de Indiana em busca das "coisas incríveis". É seu último ano de colégio, e eles devem levar de sua cidade natal boas lembranças. Mas como colecionar essas boas lembranças se o passado só tem presenteado eles com más recordações?
Se aproximando aos poucos e despertando o melhor no outro a cada momento que passam juntos, Finch e Violet se apaixonam e desencadeiam neles o que chamam de "efeito gravitacional de Júpiter-Plutão". Ela tenta lidar com a depressão pós acidente da irmã, e ele com os problemas de bipolaridade e os apagões que sofre. Um é a força necessária ao outro para recomeçar no dia seguinte, levantar da cama e ir adiante.
"Se eu contar de trás pra frente, me pergunto se poderia voltar e trazer Violet Markey comigo, avançando de novo junto com ela pra que a gente tenha mais tempo. Porque é do tempo que tenho medo. E de mim. Tenho medo de mim."
Jennifer Niven não é uma escritora qualquer que resolveu abordar suicídio como tema para seu livro. No evento da Bienal, a autora contou que boa parte do enredo teve uma base real em sua história de vida, Jennifer perdeu duas pessoas queridas dessa forma. Engana-se quem pensa que "Por lugares incríveis" é só mais uma história de amor clichê, pois além do tema suicídio e depressão, vemos temas como bullying, transtornos psicológicos, relacionamentos familiares e a importância da família para conversar, aparências, a diferença entre ser feliz e estar feliz, entre outros.
No setembro amarelo, abraçamos a ideia e somos toda ouvidos. Nosso espaço de comentários está aberto para você conversar, desabafar, contar sua história ou simplesmente nos ajudar na campanha. Para esse post propomos que, assim como no livro, vocês comentassem 3 palavras essenciais para vida, exemplo "___________ é vida" .

Empatia é vida
Ler é vida
Estar ao lado de alguém é vida

Vamos lá, estaremos esperando pelo seu comentário! Se você ainda não conhece o movimento clique aqui e confira. Um grande abraço, até a próxima.

20 comentários:

  1. Lembro quando o Vitor Martins falou desse livro em um de seus vídeos e fiquei morrendo de vontade de ler, estou ainda mais com vontade depois dessa resenha. Temas como esses são coisas que só quem já passou ou conviveu com isso consegue escrever com bastante realidade.
    Beijos, wolfmess blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Jamile, e por ter passado por isso Jennifer conseguiu transmitir certa dor através do livro. Leia, pois você vai se apaixonar pela história <3

      Excluir
  2. Uma mensagem de: "como você está" é vida
    Abraços e sorrisos é vida.

    ResponderExcluir
  3. Amar é vida
    Empatia é vida
    Gargalhar é vida

    ResponderExcluir
  4. Ser amado é vida! E amar também é vida! Ter cachorrinhos é vida ❤

    ResponderExcluir
  5. Empatia é vida
    Ler é vida
    Estar ao lado de alguém é vida ❤

    ResponderExcluir
  6. Que história mais linda! Esse livro me lembrou um pouco do filme Se eu ficar
    Lindo blog e que resenha maravilhosa! amei ♥

    http://www.insertce.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol <3 o livro é lindo assim como o filme Se eu ficar. Ambas histórias tocam o coração

      Excluir
  7. Nossa, que post maravilhoso!
    Eu já tinha ouvido falar desse livro, e tinha até visto a capa em alguns lugares, mas não sabia do que se tratava. Como eu disse no comentário do post anterior, esse assunto é importante pra mim.
    Agora, fiquei super interessada em ler o livro, e adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Lethycia, fico contente <3 é um tema que precisa ser discutido, e ficar calado fingindo que não existe não é uma solução!

      Excluir
  8. Amar ao próximo é vida
    Arco-iris é vida
    Sonhar é vida ❤

    ResponderExcluir
  9. É o livro que vivo sempre adiando a leitura, mas que pretendo ler.
    Sempre encontro mensagens e resenhas positivas sobre a história <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Clayci, é uma história maravilhosa e tocante <3

      Excluir
  10. É tema é importante entender, mas também é importante ajudar tantas pessoas que sofrem dessa doença tão silenciosa. O livro foi profundo, mas a história ficou lindinha, é bom ler histórias de pessoas que já passou por isso é superaram. Acho a capa linda, adorei. Beijos <3 http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joicy, a capa é muito linda né? <3 vários autores romantizam essa situação, mas ainda sim é bom ver gente falando sobre esse tema (por mais que não seja da forma mais real)

      Excluir