nome blog

Resenha - Como eu era antes de você

9 de julho de 2016



SINOPSE: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário. Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.
LIVRO: Como eu era antes de você | AUTOR: Jojo Moyes | ANO: 2013 | EDITORA: Intrínseca | PÁGINAS:318 | NOTA: 5/5
Will Traynor, 31 anos, é CEO de uma grande empresa, rico, lindo e gosta de aventuras. Louisa Clark, 26 anos, trabalha como atendente em um café há seis anos, namora Patrick e está feliz com a vida pacata que leva. O que esses dois têm em comum?! Absolutamente nada! O que eles não sabem é que irão entrar um na vida do outro para muda-las completamente.
" - Você... uma vez me disse que aquela noite que passei no labirinto do castelo não podia ser o que me identificava. Disse que eu pode escolher o que fosse. Bom, pois você não pode deixar essa... cadeira de rodas ser a sua identidade. " 
Após o acidente que deixou  Will tetraplégico, ele se torna uma pessoa amarga e mal-humorada, não tem vontade de fazer nada e sente dores insuportáveis. Lou foi demitida do café e teve que procurar um outro emprego para ajudar em casa. É quando surge o emprego de cuidadora, e mesmo com um certo receio ela aceita. O que Lou e Will não imaginavam era que mudariam de formas diferentes suas vidas.
" - Não posso ser o homem que quero ser com você. O que significa que isso - ele olhou no meu rosto - isso apenas se transforma... em outro lembrete do que não sou. " 
Ainda não sei se consigo expressar em palavras tudo que esse livro trouxe para a minha vida. É uma mistura de sentimentos sem igual.  Alegria, tristeza, dor, incompreensão, esperança. É um livro que nos faz pensar: “Qual o sentido da vida?”. Pra que estamos aqui? Pra mudar a vida de alguém? Para mudarmos a nossa vida? Será que conseguimos fazer diferença na vida daquelas pessoas que nos cercam? São infinitas as perguntas que nunca se calam todas as vezes que penso nesse livro.
" Ele late mais do que morde. " 
Will apesar de todos os seus problemas, tenta sempre mostrar a Lou que ela deve ir em busca de seus sonhos, que ela não deve se acomodar com a situação, que ela pode e deve ganhar o mundo. E Lou tenta trazer a vida de Will um motivo pelo qual ele deve continuar sua luta pela vida, tenta mostrar a ele que ele não se resume a uma cadeira de rodas, e que ele ainda tem muito o que viver.
" - Não consigo entender como se contenta com essa vidinha. Essa vidinha que será passada quase toda num raio de quinze quilômetros, sem ninguém que a surpreenda, incentive ou mostre coisas que façam sua cabeça girar e você perder o sono à noite. " 
Sou fisioterapeuta então eu entendo perfeitamente as dores de Will, sei compreender que a saúde dele nunca mais será a mesma, que ele dependerá a vida inteira de outras pessoas para tudo, a sua frustração em não poder  mais fazer nada do que ele amava, e tenho uma breve ideia do que é viver assim. Mas eu também  me coloquei no lugar da Lou e consegui viver intensamente todo o sentimento que ela tem pelo Will, todo o esforço que ela faz para que os dias dele se tornem mais coloridos e menos dolorosos.  
" Alguns erros... apenas têm consequências maiores que outros. Mas você não precisa deixar que aquela noite seja aquilo que define quem você é. "
Jojo nos trás uma linda e polêmica história, onde cabem alguns questionamentos:  “ Até que ponto dá pra lutar pela nossa vida? “  “ Até quando conseguimos lutar pela vida do outro? “ “ Temos o poder de mudar a decisão de uma pessoa, por mais amor que há? “ Eu ainda procuro todas essas respostas.
" Ser atirada para dentro de uma vida totalmente diferente - ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela - obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem. " 
Como eu era antes de você me fez repensar qual o sentido real da vida, me fez ver que não podemos nos acomodar com nenhuma situação, que em questão de minutos tudo muda, a vida se esvai. E o que fizemos até aquele momento valeu a pena?

8 comentários:

  1. Quero muito ler esse livro e assistir o filme. Mesmo assim ainda não tive a oportunidade de ler.
    Adorei a resenha. Parabéns!
    Abraços!
    umlivroabertoig.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, você vai amar! O livro é maravilho <3
      Obrigada, beijos

      Excluir
  2. Todo mundo falando desse livro. Daí você vem com essa resenha e me deixa com mais vontade de lê. rsrs Amei a forma com que se expressa. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro realmente vale todo o alvoroço! Leia Bel tenho certeza que vai adorar <3
      Que bom que gostou. Obrigada pela visita ;)

      Beijos

      Excluir
  3. Olá, amei a sua resenha foi incrível, quando eu li o livro fiquei encantada e agora me deu uma vontade enorme de ler novamente. ;)

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro mexe completamente comigo <3 ele é maravilhoso

      Excluir